Fernando Veloso - Site Oficial do blogger Google SEO & Marketing Digital

FERNANDO VELOSO

GOOGLE SEO & MARKETING DIGITAL

BLOGGER, FUNDADOR DA SANTA IDEIA @ SANTARÉM, PORTUGAL

Fernando Veloso - Google SEO & Marketing Digital


Mais Rankings no Google

Neste ultimo dia do ano decidi escrever um pouco sobre um tema que está presente na mente de todos os que trabalham com a web (seja a titulo pessoal ou empresarial) ou têm necessidade de mais visibilidade na web. No fundo, este artigo é sobre aquilo que todo desejamos para o ano de 2011:

Ter Mais Rankings no Google Portugal

Já sabemos bem que sem rankings altos (aparecer na primeira página dos resultados do Google pelas pesquisas que interessam ao nosso mercado) a nossa experiência na internet fica extremamente  limitada e pode ser penalizadora dos orçamentos das empresas que investem numa presença online.

Para se obter bons rankings na internet convém ter noção de que quem define os rankings são os motores de busca, como o Google, por exemplo. São eles que decidem quem está na primeira página, são eles que definem quem tem melhores condições de dar ao visitante aquilo que ele procura.

Os motores de busca decidem inúmeros patamares de avaliação e colocam no topo dos resultados as páginas dos websites que, depois de avaliadas, potencialmente dão as melhores respostas ao que os visitantes procuram.

É neste ponto que tudo se resume: quem dá aos visitantes aquilo que procuram…

Muitos de nós perdem o fio à meada depois de alguns meses/anos a trabalhar na web, esquecemos esta máxima simples e que resume TUDO o que devíamos fazer na internet: dar aos visitantes aquilo que procuram.

E de forma simples, rápida e sem acessórios.

Para quem deseja ter mais rankings na internet, esta máxima devia ser cumprida em TUDO o que se faz: copywriting, design, acessibilidade, rapidez de acesso ao site…

Nos últimos meses, o Google tem dado ênfase a sites que DÃO aos visitantes tudo aquilo que procuram, que são actualizados com regularidade, que “abrem” rapidamente, que deitam fora o acessório e se resumem a servir de canal informativo.

Esta é a tendência, não vamos voltar atrás.

Quem quiser vencer na internet em 2011, vai ter mesmo que dar corda aos sapatos e deixar de parte toda a tralha que povoa milhares de websites para se focar em dar aos visitantes aquilo que eles procuram… e nada mais. Esqueçam os 7 plugins que não fazem nada a não ser peso morto, esqueçam os designs pesados, esqueçam os textos cheios de “palha” para encher de keywords…

2011 vai ser um ano interessante de seguir para quem procura mais rankings no Google.

Boas entradas!