Fernando Veloso

Copywriting para web

Incrível a dificuldade em encontrar pessoas com experiência em copywriting para web neste país.

OU dou de caras com teimosos do spam das palavras-chave (ficaram presos em 2001) ou com gente que pensa que escrever para a web é escrever uma obra prima de 400 páginas com palavras douradas em ouro.

Malta, copywriting para web é uma coisa normal, tal como falar com respeito com amigos ou colegas de trabalho. Escusam de fazer disso um pesadelo que limita pessoas como eu que querem contratar copywriters normais.

hELLO!

 

Afinal o Blog Estava (quase) Morto

Mas como sou teimoso, decidi traze-lo de volta das catacumbas.

Blog Fez PUM e Cá Estamos

Bem, o backup que tinha do blog não me serviu de muito quando o alojamento deu o berro. Ou seja, dezenas de posts forma à vida…

ARRRGGGGHHHHHH!

Ainda assim, cá estamos.

É tempo de deixar uma prenda para quem procura códigos de desconto dos amigos da VamosMobile: Código Promocional Vamos Mobile Dezembro 2013.

Have fun.

A4uexpo Barcelona 2012

Junho, 19 e 20 Barcelona recebe mais um evento A4uexpo – Conferências de internet marketing.

Este ano vou visitar o evento nos dois dias e estou francamente curioso para saber como vai correr a maratona de conferencias, que frutos vão dar as sessões de networking e as já normais (longas) conversas ao balcão do bar. Uma coisa é certa, vou encontrar alguns dos utilizadores do WarriorForum (caso da equipa da TextBroker e do TL) e empresas de IM como a TradeDoubler, com quem mantenho excelente relação à uns anos, e alguns elementos da equipa de Afiliados do Google Network.

No fundo, é uma excelente oportunidade para estar em contacto com outras mentes, debater estratégias lado a lado com valores mundiais do internet marketing, e ter na mão a chance de fechar parcerias/negócios que raramente se fazem em Portugal.

Ainda vão a tempo de se juntarem a nós. Registo aqui. Encontramo-nos em Barcelona?

SupaDupa Weekend!

Fim de semana. Relax… Aproveitem para estar com a família e amigos.

A internet não foge até segunda. ;) Mas se entretanto decidirem aproveitar o fim de semana para construir algo de valor para os vossos sites, então fica a dica PRO:

Usem e abusem de novos textos com conteúdos autoritários (editoriais) e façam uma gestão inteligente das vossas armas, especialmente a financeira: invistam em algo que vos traga notoriedade no vosso mercado, e esqueçam os backlinks por umas semanas.

Eis um artigo (em inglês) que deviam ler com calma, pois as mudanças @Google são óbvias (fechar a porta aos webmasters normais) e as implicações do novo Google Knowledge são muitas – e fecham ainda mais o ciclo do SEO…

Penalizados pelo Google Pinguin? Confirmem Aqui.

Bem, numa novidade bem interessante, um user do WebmasterWorld descobriu que utilizando um comando no Google podia ter acesso aos rankings PRÉ Pinguin, e deste modo confirmar se o site tinha sido penalizado ou não. A história está disponível aqui na SeRoundtable.

Na prática as pessoas podem fazer um regresso ao passado e ver os rankings pré-pinguin e comparar com os atuais. Usem o comando [blue widget -amazon] para ver os rankings antigos, assumindo que a vossa keyword é blue widgets, e que as brackets são para remover.

Se eu estivesse a confirmar a keyword “seguro automovel”  faria o seguinte teste:

seguro automovel -amazon

Mas atenção… este é um excelente motivo para perderem tempo a olhar para trás quando deviam estar a trabalhar para construir o futuro… certo? :) Depois partilhem ai as descobertas.

Como Vencer o Google Pinguim

Hoje decidi partilhar convosco (algumas) das mais notórias formas de Vencer o Google Pinguim, este update do grande G que marcou este ano de 2012.

Partilhem à vontade nos vossos sites, blogs e networks, inclusivamente coloquei um código mais abaixo que permite a ligação direta a esta página.

Enjoy!

Como Vencer o Google Pinguim | © www.fernandoveloso.com

 

Partilha, basta copy/paste no vosso html:

<a href=”http://www.fernandoveloso.com/” target=”_blank”><img title=”Como Vencer o Google Pinguim | © www.fernandoveloso.com” src=”http://www.fernandoveloso.com/infographic_pinguim.jpg” alt=”Como Vencer o Google Pinguim | © www.fernandoveloso.com” width=”429″ height=”744″ border=”0″ /></a>

…………………………………………………………………………………………

#1 – Escrever Conteúdos Autoritários

A criação de conteúdos únicos e autoritários está na ordem do dia.
Com o update Pinguim é tempo de fornecer matéria digna de artigos
de jornal ou revistas da especialidade. A velha forma de escrita de
textos para colocar num site terminou.

#2 – Aumentar A Exposição de Marca

Um dos segredos mais bem guardados dos últimos anos tem finalmente
visibilidade no meio SEO mundial. A “marca” tem cada vez mais relevo
junto do Google, e neste momento ter “marca” faz milagres nos rankings
de sites em todo o mundo.

#3 – Diversificar Backlinks

Antes do Pinguim já os backlinks eram vistos com atenção pela equipa
de webspam – mas agora é mesmo fundamental fugir às velhas técnicas
de backlinking, sob pena de verem os rankings destruídos rapidamente.
E imperativo diversificar – em vez de massificar.

#4 – Aumentar Exposição Vídeo

Os vídeos já fazem parte do nosso dia-a-dia, e o Google sabe disso.
Neste momento, a componente vídeo já está introduzida nas contas dos
rankings, e atinge níveis interessantes de referência a nível do algo do
Google, que segundo fontes credíveis, vai aumentar essa percentagem
ao longo deste ano.

Inquérito SEOMoz – Estado Mundial da Industria SEO

A rapaziada da SEOMoz lançou um inquérito sobre a industria SEO a nível mundial, ao qual eu aconselho a vossa resposta. Provavelmente ficarão fartos de tanta pergunta, de tantas opções (é mesmo seca…) mas tem excelentes virtudes. A maior é que nos mostra claramente as opções estratégicas do futuro desta industria a nível mundial.

Se és otimizador profissional/amador/curioso ou apenas desejas ler nas entrelinhas o que o futuro desta industria reserva, participa. Confesso que fiquei espantado com a qualidade das perguntas, mas acima de tudo, com a “informação” das respostas.
;)

Maus Investimentos no Internet Marketing #1: Spam

Existem investimentos neste mundo do internet marketing que deviam dar direito a 300 chicoteadas. De futuro vou tentar criar mais artigos dedicados a estes péssimos investimentos, e para já vou começar com um dos piores – senão a pior praga criada por gente tão inteligente como uma pedra:

#1 SPAM via email.

De cada vez que um cliente me pergunta “acha que faço bem?” só me apetece despedi-lo e nunca mais trabalhar COM ele. A sério.

Mas nos dias que correm, em que todos sabemos da quantidade massiva de spam que recebemos todos os dias nas nossas caixas de email, ainda alguém acredita que mandar “uma newsletter” (o nome pomposo que estas empresas que praticam um crime usam para enganar as pessoas) para uma “base de dados de 500 MIL emails portugueses” faz sentido, ou que tem alguns resultados?

Ainda alguém acredita nesta palhaçada? Que por acaso até é crime em Portugal? Mas têm alguma noção da taxa de entrega dessas “newsletters”? E dos danos que provocam à imagem/credibilidade das empresas que usam spam para serem vistas?

SPAM é crime.

E não deviam levar chicotadas – deviam era fechar as empresas que o fazem, encerrar os ISP’s que o permitem, e multar de forma exemplar as empresas que (burras que nem um calhau) pagam para fazer spam.

Na prática, pagam para cometer um crime.

Mas haverá algo mais estúpido? Se se lembrarem de alguma coisa partilhem, esta lista de idiotices é para continuar.

Google Anuncia Mudanças em Abril

À uns minutos atrás, Matt Cutts do Google anunciou as novidades pós Pinguim/Panda aqui. Após uma leitura rápida salta-me à vista “More concise and/or informative titles. ” por razões óbvias – sempre defendi que o Google deveria dar mais peso a títulos de página normais e não a títulos todos otimizados…

Mas vou ler com mais calma e faço um update aqui. Até já.

Update: Bem, pelos vistos as novidades são poucas, pelo menos são as que já se anteviam e alguns de nós já tinhamos topado no Google Portugal – que para não variar foi palco de testes… lol.

 

« Older posts

Copyright © 2014 Fernando Veloso

Theme by Anders NorenUp ↑